sexta-feira, 18 de maio de 2018


A Nova Mulher Brasileira

Que se cuidem as mulatas, as brancas estão ganhando corpo do mesmo padrão de volumes e curvas, talvez no início graças às malhações e modelagens, mas agora se nota que já entrou no DNA. É a mulher brasileira de qualquer tom, que deixou para trás o tubinho da garota de Ipanema e a discriminação racial.                                                                      


Nenhum comentário:

Greve de Trabalhadores Há uma diferença entre dizer que a greve é justa (e não estou dizendo nada) e a forma de realizá-la. Parece qu...