quarta-feira, 16 de maio de 2018


O que seria um governo de integração nacional?
O país já é heterogêneo de formação, tem agravado os contrastes sociais e agora as divisões políticas. A violência permeia a estratificação social e as diferenças de renda e privilégios. Qualquer saída honesta para nossa sociedade tem de considerar a integração nacional,
1-Estimular a atividade econômica em curto prazo
Estabelecer prioridades para investimento do estado: setores que rendem mais emprego e  tenham uma cadeia produtiva mais longa (multiplicadores de investimentos, criadores de empresas subsidiárias
2- Promover a transparência e confiabilidade nas ações governamentais
Demonstrar com atitudes uma forma de governar mais aberta e participativa, mantendo um diálogo com a sociedade
Promover campanhas de integração social com participação intensiva de setores econômicos e sociais
O Supremo não pode continuar sendo abastecido por indicações políticas. É hora de reformar o órgão, resta saber como, quem vai tomar a iniciativa? O Supremo devia ser composto por eminentes juristas, independentes, com mais de 60 anos, mediante concurso curricular com requisitos seletivos. Para ser um poder independente não pode continuar como até agora.

Nenhum comentário:

Greve de Trabalhadores Há uma diferença entre dizer que a greve é justa (e não estou dizendo nada) e a forma de realizá-la. Parece qu...